EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA. “ANIMALES. LOS ANIMAIS. OS OUTROS HABITANTES DA ÁFRICA”. FERNANDO BAYO

O Museo de Arte Africano Arellano Alonso de la UVa (Museu Arellano Alonso de Arte Africana da Uva) programou, dentro de sua proposta de exposições temporárias para o ano de 2022, uma exposição muito especial em que os protagonistas são animais africanos.

O pintor Fernando Bayo apresenta cerca de trinta pinturas acrílicas que mostram alguns dos animais mais impressionantes que habitam o continente. Um amplo catálogo de espécies, incluindo o leopardo, o animal mais rápido do planeta; a girafa, a mais alta da terra; ou o elefante, o mais pesado.

São criaturas extraordinárias, perfeitamente adaptadas aos seus habitats. Por meio de pinturas, o artista recria a grande variedade de ecossistemas em que vive, distinguindo os animais de acordo com sua dieta, suas características físicas, sua área geográfica e seu atual estado de vulnerabilidade, já que alguns exemplares estão em perigo de extinção.

Porém, o interesse por esses animais vai além de sua morfologia, pois para os africanos, cada um desses seres vivos é parte essencial de seu cotidiano, apresentando também diversos significados e símbolos ligados às suas tradições, celebrações e crenças.

A exposição é, em suma, um hino à luta pela preservação deste grande e belo ecossistema, uma pincelada para recordar a importância dos seres vivos em África, tanto material como espiritualmente, apelando ao seu cuidado e preservação.

A exposição pode ser visitada de 11 de maio a 10 de julho, na galeria superior da Sala San Ambrosio do Palacio de Santa Cruz, no horário normal de funcionamento do museu (de terça a sábado, das 11h às 14h e das 16h30 às 19h30; domingos das 11h às 14h).

A entrada é gratuita com capacidade limitada. Não será possível acessar às salas 15 minutos antes da hora de encerramento diario das visitas, para garantir a correta ventilação dos espaços.

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES:

Cristina Bayo Fernández

Coordenadora do Museu

fundacion.jimenez-arellano@uva.es